Prezado Senhor Ladrão...



...havia muitos tropeços léxico-gramaticais em seu email; uma pena, pois eu quase ia clicando.


Abaixo, salientei em vermelho algumas dessas mancadas para o senhor ver, estudar e não repetir em sua próxima falcatrua. Observe que há falhas de construção sintática, concordância nominal, regência, sentido, etc. 

Vou esclarecer algumas, mas de graça só dessa vez, hein?

Releia com atenção o que você escreveu para que possamos prosseguir:





Leu? Agora me responda: dá pra alguém acreditar que se trata realmente de um email do Banco do Brasil? Convenhamos... Cada especialista em sua área, não se consegue sucesso sozinho, o senhor deveria ter me chamado!

O que, por exemplo, significa aquele "á", escrito assim, com acento agudo? Será que o senhor não errou ao botar o acento, quando o que pretendia era na verdade usar o acento invertido (acento grave), indicador de crase? Seria isso?

Pois saiba que, mesmo que fosse isso, estaria errado também, caro gatuno. Isso prova que não se alcança êxito na escrita, nem mesmo com a finalidade do embuste, sem uma revisão profissional. 

Esclarecendo: aquele "a", antes de "correção", é artigo feminino, purinho da silva, pois não se contrai com nenhuma suposta preposição "a", já que o verbo efetuar é transitivo direto e, como se sabe, os TD não pedem preposição para se unir ao objeto; no caso o tal cadastramento.

Por falar nisso, por que diabos o senhor supôs que "cadastramento", "computadores" e aquele pronome possessivo "seu" deveriam começar por maiúsculas?

Olha, honestamente, esse seu texto está desanimador... Sou capaz de apostar que ninguém clicou e o senhor acabou sem nenhum tostão sujo.

Da próxima vez, lembre-se, chame o Cruz!

(cancruz@terra.com.br)

Pagamento antecipado, por favor! Lamento, mas não posso confiar num larápio mequetrefe como o senhor, que não sabe nem ao menos que o verbo da oração deve, sempre, concordar com o sujeito (a atualização pode ser realizada).

Passar bem. 


Cesar Cruz
Set. de 2012



Conheça o trabalho do Cruz: http://www.cesarcruzrevisoes.blogspot.com.br/





10 comentários:

Andre Whitaker disse...

Eu quero comentar!!! Pago milhares e milhares de reais para um advogado fdp me representar, o cara sai como candidato a vereador daquela cidadezinha de Sorocaba, e quando leio a peça para evitar a minha prisão, a minha prisão!!! Um lixo gramatical, com erros crassos!!!!! Imagina se eu vou reclamar, vai ser pior!!!!!!!!!!!!!!!!!

Gabriel Fernandes disse...

Pombas, meu, onde você achou isso?
A frase toda não faz sentido. Além de léxico-gramaticais, os erros são primários, estruturais e de lógica. Pluguin? Quem escreve desse jeito? O correto é plug-in. Algumas pérolas: a correção... corrige; será atualizado... para versão atualizada...; da versão 1.8 para 1.92 (que salto! Cadê as versões 1.9 e 1.91? Não houve versões 1.81 ou 1.82?); link logo abaixo (coloquial demais) etc.

Sua sacada foi ótima. Esses caras são uns imbecis, mas sua cartinha ao punguista prova que existem pessoas ainda mais imbecis. É o que sempre digo: bem feito, quem mandou não ler?

Abraço,
Gabriel

PS.: A propósito, você clicou no linque? Hahaha!

Heitor Torres disse...

Bom dia Cesar!
Muito boa mesmo! rsrsrs

Adorei!

Abraços

Heitor

Vanderley José Pereira disse...

eu estou começando a escrever, ainda cometo muito erros. Mas um dia, quem sabe, saberei e farei o mesmo que você parabens... se quiser me responder ficaria grato e se quiser ser meu amigo ficaria mais feliz ainda...

CESAR CRUZ disse...

Caro Vanderley

Obrigado! Já somos amigos, ok?

Abço

Vanderley José Pereira disse...

obrigado meu amigo

Anônimo disse...

Rárárárárárá! Excelente!

beijos
Ângela

Suzy Rhoden disse...

Cesar,

Espetacular!!! Sensacional!!!
Uma aula e tanto para esses "punguistas mequetrefes" que se acham muito espertinhos na tentativa de enganar o povo. Se usassem metade do tempo que usam fazendo planos astutos para ler bons livros, nem pensariam em ganhar dinheiro sujo: estariam trabalhando, progredindo, gerando renda honesta! E, claro, escrevendo textos "melhorzinhos"... rsrsrs

Você foi ótimo, só posso parabenizá-lo! Abraço.

Anônimo disse...

Certa feita fui procurar um desses advogados gratuitos e acabei parando em uma faculdade, claro, lá eram os advogados, acredito, ainda estagiários. Pois bem, chegando lá fui atendido por uma loirinha, era uma boneca, linda, daquelas que até me fez esquecer o porquê (espero que este "porquê" esteja certo... ehehhe) de eu estar lá, meu amigo quando ela começou a digitar o texto em questão, sabe aquelas minhoquinhas do editor de texto quando há erros... então, se procriavam sem conta, deu até vontade de intervir, mas seu supervisor reparou antes e, de tão grava que estava, pediu que eu saísse do recinto, então é isso. Mas esse problema é crônico, grave, profundo e, acima de tudo triste, ninguém esta pedindo para que nos tornemos mestres, literatos, mas um pouco, no mínimo uma consultinha no dicionário vai muito bem não é mesmo, me corrija se eu estiver errado....hahaha....

abraços
xara - ipiranga - sp-sp

obs: sei que xara não é assim que se escreve, mas por questão de simpatia prefiro que seja.

Lena Saguia disse...

O melhor é que no fim vc não confia no sujeito por escrever mal e não por tentar roubar seu dinheiro... rsrsrssrsr

Muito bom texto.

Abraço,

Lena